­

Prédio destruido em Nova Friburgo - RJ"Nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu... Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações estarão em angústia e perplexidade com o bramido e a agitação do mar." - Lucas 21:10-11,25 NVI

Nos dias de hoje, nós vemos os sinais da volta do Senhor Jesus acontecendo com cada vez mais intensidade e frequência. O ano de 2011 teve o maior número de desastres na história dos Estados Unidos, e o maior desastre natural na história de nosso país. Ao redor do mundo terremotos, enchentes, tsunamis e tornados têm devastado cidades, da Nova Zelândia às Filipinas, dos Estados Unidos ao Japão.

Doze milhões de pessoas estão sofrendo de fome nos países no Chifre da África. Mesmo que a pandemia H1N1 (gripe suína) parece ter sido controlada, bem como a H5N1 (gripe aviária) de alguns anos atrás, casos continuam a aparecer, até mesmo aqui no Brasil, e o mundo está apenas esperando a próxima pandemia que pode aparecer a qualquer hora.

Sabendo que estes eventos já foram profetizados pelo próprio Senhor Jesus, o que deve ser o posicionamento, a resposta, dos Seus seguidores?

Leia mais

Criança com copoO jejum é uma das atividades mais espirituais que existe, praticada pela maioria das grandes religiões do mundo. Os judeus, muçulmanos, budistas, e hindus todos praticam o jejum, de uma forma ou outra. Mas quando o Senhor Jesus começou Seu ministério terrestre, Ele fez uma coisa esquisita, ou melhor, algo que Ele não fez chamou a atenção dos religiosos ao Seu redor. Ele não ensinou os Seus discípulos sobre o jejum.

Vamos ler esta história em Marcos capítulo 2, versículos 18 a 20:

Ora, os discípulos de João e os fariseus estavam jejuando. Foram e lhe perguntaram: Por que jejuam os discípulos de João e os dos fariseus, e não jejuam os teus discípulos?
 
Respondeu-lhes Jesus: Podem os convidados para o casamento jejuar enquanto está com eles o noivo? Enquanto têm consigo o noivo, não podem jejuar. Mas o tempo virá em que lhes será tirado o noivo, e naquele dia jejuarão.
Leia mais

Caçador...Depois enviarei muitos caçadores, os quais os caçarão de sobre todos os montes, de sobre todos os outeiros, e até nas fendas das rochas. – Jeremias 16:16

Em Jeremias capítulo dezesseis, Deus falou através do profeta para o povo de Israel, prometendo que ele voltará novamente para sua terra, depois do seu exílio em países estrangeiros. Porém, o Senhor explicou que este retorno à terra prometida aconteceria em duas fases. Na primeira fase, Deus enviaria "muitos pescadores" para pescar os filhos de Israel, e levá-los de volta a sua pátria. Porém, nem todos iriam responder aos pescadores, então, na segunda fase, o Senhor enviaria caçadores para obrigar o Seu povo a voltar a sua terra.

Leia mais

Torres Gêmeas WTC...no dia da grande matança, quando caírem as torres. – Isaías 30:25

Hoje o mundo inteiro recebeu a notícia sobre a morte de Osama Bin Laden, o homem que foi responsabilizado pelas atentadas terroristas em Nova Iorque e ao Pentágono, no dia 11 de setembro de 2001.

Mesmo se concordamos, ou não, com as políticas externas dos Estados Unidos, e com seu envolvimento nas guerras de Iraque e Afeganistão, precisamos reconhecer que o mundo em qual nós vivemos mudou radicalmente a partir daquele dia, quando as duas torres do World Trade Center caíram, matando quase três mil pessoas.

Desde então, temos visto ataques terroristas ao redor do planeta, o crescimento do islamismo radical e a entrada da palavra "jihad" na linguagem popular, as guerras em Iraque e Afeganistão, e uma crise econômica mundial, que ainda está longe de ser resolvida. Até a própria terra parece estar se convulsando, provocando grandes desastres como o tsunami que atingiu o sul da Ásia em 2004, e os terremotos em Chile, Haiti, Turquia, China e Nova Zelândia, e mais recentemente, o tsunami e terremoto na Japão, levando à falha de uma usina nuclear e a real possibilidade de um desastre radiológico. Os próprios Estados Unidos foram atingidos pelo furacão Katrina em 2005 e os tornados que têm acabado de devastar onze estados no sul daquele país.

Leia mais

menino com placa com a palavra "fome""Estão chegando os dias", declara o SENHOR, o Soberano, "em que enviarei fome a toda esta terra; não fome de comida nem sede de água, mas fome e sede de ouvir as palavras do SENHOR. Os homens vaguearão de um mar a outro, do Norte ao Oriente, buscando a palavra do SENHOR, mas não a encontrarão. Naquele dia as jovens belas e os rapazes fortes desmaiarão de sede." - Amós 8:11-13

O profeta Amós viu um dia em qual um terrível desastre afligia a terra, uma verdadeira calamidade pública. Essa catástrofe não seria um terremoto, nem um tsunami ou uma inundação, mas uma desoladora fome que mataria jovens e velhos, ricos e pobres, do norte ao sul do país.

Porém, o profeta predisse que a escassez não seria de pão para comer nem de água para beber, mas, pior ainda, uma carência da verdadeira Palavra de Deus. Isso seria, sem dúvida, a pior de todas as fomes, porque, como o próprio Senhor Jesus afirmou, "nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus"1. A consequência da falta da Palavra de Deus é a morte espiritual.

Leia mais


­