­

BurroInstruir‑te‑ei, e ensinar‑te‑ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos. Não sejais como o cavalo ou a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio, ou não virão a ti.- Salmo 32:7-8

Quando aceitamos Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador e entregamos a nossa vida a Ele, nós nascemos de novo, começamos uma nova vida e assumimos uma nova identidade como filhos e filhas, adotados na família de Deus. João, o apóstolo, resumiu este processo quando ele escreveu: "Mas a todos os que o receberam, àqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus"1.

Como filhos e filhas de Deus, nós temos um Papai que quer falar conosco. O próprio Senhor Jesus nos deu a chave do Seu ministério quando Ele explicou que "o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma; ele só pode fazer o que vê o Pai fazendo", acrescentando que "o Pai ama o Filho, e lhe mostra tudo o que faz"2. Na mesma forma, Papai quer falar com todos os seus filhos adotivos.

Leia mais

OraçãoO Evangelho do Reino é a boa noticia que o Reino de Deus se faz presente, "amarrando o valente"1, invadindo o reino do maligno e libertando os seus cativos. Esta libertação é principalmente a salvação, quando almas são "tirados do poder das trevas e transportadas para o Reino do Filho"2, porém a autoridade de nosso Rei se manifesta também "destruindo as obras do diabo", através de curas, libertações e manifestações de Seu poder sobrenatural. Quando proclamamos "este Evangelho do Reino"3, podemos, sim, esperar que veremos manifestações sobrenaturais da presença do Reino acompanhando a pregação.

O próprio Senhor Jesus pregou e manifestou a presença do Reino:

E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. - Mateus 9:35

e refereu-se à libertação como prova da presença do Reino de Deus:

Mas se eu expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente a vós é chegado o reino de Deus. - Lucas 11:20

Leia mais

FSM 2009Em janeiro de 2009 eu participei do nono Fórum Social Mundial em Belém do Pará. Durante cinco dias, uma multidão de mais que 90.000 pessoas de diversos lugares no mundo se reuniram através de mais que 2.300 atividades, todas focalizadas no tema "Um Outro Mundo é Possível".

Todo tipo de movimento social e revolucionário estava presente, desde os marxistas e movimentos da esquerda às fundações sociais de grandes bancos estatais; da revolução Cubana aos índios do Pará e os Palestinos da Faixa de Gaza. Projetos de conservação ambiental e reflorestamento da Amazônia dividiram o espaço com os rostos de Ché Guevara e Lenin, e protestos contra o capitalismo, a guerra e a crise econômica atual.

Houve também alguns poucos cristãos presentes, alguns dos quais se focalizavam na evangelização no acampamento dos jovens, enquanto outros discutiam sobre o papel dos evangélicos na politica e as ações sociais.

Leia mais

O menino Jesus na manjedouraJosé, seu marido, sendo justo e não querendo difamá-la, resolveu deixá-la secretamente. Projetando ele isto, em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles.

Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta: A virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamarão pelo nome de Emanuel, que quer dizer: Deus conosco. - Mateus 1:19 a 23

Neste trecho da história do nascimento do Senhor Jesus, nós temos uma referência a uma estranha profecia do Antigo Testamento, em Isaías capítulo 7, versículo 14:

Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: A virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel.

Sabemos que o Messias foi chamado de Jesus, o Cristo (Ungido). Ele mesmo se chamou do "Filho do Homem" (ex. Mateus 8:20, 25:31) numa clara referência à profecia de Daniel (Daniel 7:13). Porque, então, esta profecia disse que Ele será chamado de Emanuel, Deus conosco?

Leia mais

panelasIndo eles de caminho, entrou numa aldeia. E certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa. Tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra.

Marta, porém, andava distraída em muitos serviços e, aproximando-se, disse: Senhor, não te importas de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude.

Respondeu-lhe Jesus: Marta, Marta, estás ansiosa e preocupada com muitas coisas, mas uma só é necessária. Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada. - Lucas 10:38 a 42

Nesta história nós temos duas irmãs - Marta e Maria - que naquele dia receberam uma visita do Senhor Jesus na sua casa. É obvio que as duas O amaram, e estavam muito felizes com a Sua presença, porém nas reações das duas nós vemos duas respostas diferentes à Sua visitação.

Leia mais


­