"Estão chegando os dias", declara o SENHOR, o Soberano, "em que enviarei fome a toda esta terra; não fome de comida nem sede de água, mas fome e sede de ouvir as palavras do SENHOR. Os homens vaguearão de um mar a outro, do Norte ao Oriente, buscando a palavra do SENHOR, mas não a encontrarão. Naquele dia as jovens belas e os rapazes fortes desmaiarão de sede." - Amós 8:11-13

O profeta Amós viu um dia em qual um terrível desastre afligia a terra, uma verdadeira calamidade pública. Essa catástrofe não seria um terremoto, nem um tsunami ou uma inundação, mas uma desoladora fome que mataria jovens e velhos, ricos e pobres, do norte ao sul do país.

Porém, o profeta predisse que a escassez não seria de pão para comer nem de água para beber, mas, pior ainda, uma carência da verdadeira Palavra de Deus. Isso seria, sem dúvida, a pior de todas as fomes, porque, como o próprio Senhor Jesus afirmou, "nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus"1. A consequência da falta da Palavra de Deus é a morte espiritual.

Nestes dias, quando os canais de rádio e televisão estão entupidos de programas evangélicos, quando igrejas pequenas e grandes estão por toda parte, quando camisetas com slogans evangélicos e adesivos de carros com citações bíblicas enchem as ruas, será que podemos estar, mesmo assim, faltando o puro leite espiritual2 da Palavra de Deus3?

O fato de muitos estarem pregando um "evangelho" não é a garantia que aquela mensagem que está sendo propagada seja sempre a verdadeira mensagem do Evangelho.

A Bíblia nos adverte sobre um "outro evangelho que, na verdade não é o evangelho"4, sobre o perigo de "não permanecer no ensino de Cristo, mas ir além dele"5, e sobre aquele tempo quando as pessoas "não suportarão a sã doutrina; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão mestres para si mesmos, segundo os seus próprios desejos... recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos"6.

O apóstolo Paulo falou sobre muitos, mesmo em seu dia, que "negociaram a palavra de Deus visando lucro"7 e "torceram a palavra de Deus"8, e o apóstolo Pedro também avisou sobre "falsos mestres" que "introduzirão secretamente heresias destruidoras"9, acrescentando que "muitos seguirão os caminhos vergonhosos desses homens e, por causa deles, será difamado o caminho da verdade"10.

Como nós podermos ter a certeza que o evangelho que estamos pregando é a "simplicidade que há em Cristo"12, e não é uma mensagem da prosperidade material13, da salvação pelas obras14, do crescimento da igreja através do esforço humano15, ou de qualquer outra distorção do verdadeiro Evangelho?

Em primeiro lugar, a Palavra de Deus é poderosa16, ela é a semente17 que pode produzir um crescimento de dez mil por cento35, ela é "viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes" e "penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração"18. A Palavra de Deus é como fogo e como um martelo que despedaça a rocha11.

Pela Palavra fomos regenerados19, pela Palavra somos santificados20, pela Palavra nós vencemos o Maligno21. A Palavra de Deus é a nossa esperança24, a luz pela qual andamos22 e o espelho que revela nossa verdadeira condição espiritual23.

A Palavra de Deus nos protege contra o pecado25, dirige nossos passos26 e nos dá entendimento27. A Palavra que saia da Sua boca "não voltará para mim vazia, mas fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei"28.

Mas a profecia do profeta Amós nos dá mais um sinal pelo qual podemos saber se nós estivermos vivendo no meio de uma fome da Palavra de Deus, quando fala em verso 13 do oitavo capítulo, que "as jovens belas e os rapazes fortes desmaiarão de sede". Pela condição espiritual de nossos jovens podemos medir a pureza da Palavra que estamos pregando.

João, o apóstolo, escreveu aos jovens "porque vocês são fortes, e em vocês a Palavra de Deus permanece e vocês venceram o Maligno"29.

Como estão nossos jovens de hoje? Será que eles estão como aqueles a quem João escreveu, fortes e vencendo o Inimigo, ou será que eles estão mais parecidos com aqueles sobre os quais o profeta Jeremias chorou, "que desmaiam de fome nas esquinas de todas as ruas"?30

Quando nós olhamos ao nosso redor e vemos uma geração se perdendo nas drogas e nos vícios, nas ilusões das riquezas e do materialismo, e nos prazeres temporários do pecado sexual, mesmo que muitos, talvez a maioria, foram criados em lares evangélicos ou ouviram, de alguma forma, a nossa mensagem, precisamos perguntar se a semente que foi lançada era, de fato, a boa semente da Palavra.

Jovem, busque a pura e simples Palavra de Deus, as "Sagradas Letras, que são capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus"31. Não aceite imitações, falsificações, ou distorções do Evangelho, pois somente através da verdadeira Palavra, a "loucura da mensagem da cruz"32, você pode viver no poder de Deus33 - o único poder que é capaz de resgatar essa geração34 e transformar e restaurar o mundo para a glória de Cristo, o Rei dos Reis.


Pr Paul David Cull
www.avivamentoja.com


1 Mateus 4:4 2 1 Pedro 2:23 Hebreus 5:13
4 Gálatas 1:85 2 João 2:96 2 Timóteo 4:3-4
7 2 Coríntios 2:178 2 Coríntios 4:29 2 Pedro 2:1
10 2 Pedro 2:211 Jeremias 23:2912 2 Coríntios 11:3 ECA
13 Mateus 6:2414 Gálatas 2:1615 Mateus 16:18, Atos 2:47
16 1 Coríntios 1:1817 Lucas 8:1118 Hebreus 4:12
19 1 Pedro 1:2320 João 15:321 João 2:14
22 Salmos 119:10523 Tiago 1:23-2524 Salmo 119:114
25 Salmo 119:1126 Salmo 119:13327 Salmo 119:169
28 Isaías 55:11)29 1 João 2:1530 Lamentações 2:19
31 2 Timóteo 3:1532 1 Coríntio 1:2233 1 Coríntios 2:3
34 Salmo 24:6 ECA35 Lucas 8:8

Citações da Bíblia da Nova Versão Internacional da Sociedade Bíblica Internacional.
Citações marcadas ECA são da Edição Contemporânea de Almeida da Editora Vida.

Deixe seus comentários sobre esta matéria em nossa comunidade online.


Envie para um amigo      Última atualização desta página 28 de setembro de 2010, às 15h37